Construvendas

Entre em contato conosco!

Voltar

Quais raças de cachorro posso ter em um apartamento?

Publicado por Construvenda,
20 de outubro de 2017

Quais raças de cachorro posso ter em um apartamento?
Quando nos mudamos para um apartamento e estamos acostumados a ter um bichinho de estimação, sempre vem aquela pergunta na mente: qual raças de cachorro posso ter em um apartamento? Existem vários cães que podem viver tranquilamente em um ambiente pequeno, principalmente se você tomar os devidos cuidados.

Confira quais raças podem se adequar muito bem em um apartamento.

 

Yorkshire Terrier


Esta é uma das raças de cães que mais se dão bem em apartamentos, eles são de pequeno porte, com 20 cm e no máximo 3 kg, e são muito independentes, por isso não terão problemas em ficar sozinhos.

A única preocupação é que eles são um pouco hiperativos, o ideal é levá-los para passear com frequência, no mínimo uma vez por dia, e deixá-los em casa sempre com brinquedos disponíveis para eles gastarem energia e não começarem a ser um problema por conta dos latidos.

Por falar em latidos, eles podem ser constantes na presença de estranhos em casa, além disso a raça costuma ser teimosa e não obedece se não for adestrado, É bom pensar em um adestramento assim que adquirir o cão para ele já se acostumar aos comandos.

 

Lhasa Apso


Um pouco maior que o Yorkshire, o Lhasa Apso tem aproximadamente 26 cm de comprimento e pesa em média 7 kg. Mas, ao contrário do primeiro, o Lhasa é muito mais calmo e deve ser a sua primeira opção se seus vizinhos não gostam de latidos de cães.

Eles têm o pelo longo e sedoso, o que requer cuidados diários para eles não embaraçarem e também para não ter muita queda de pelo e acabar deixando o ambiente muito sujo, o que pode desencadear em alergias em crianças e pessoas mais idosas.

Apesar de ser mais calmos, eles também necessitam de passeios diários e de brinquedos que possam entretê-los enquanto você não estiver em casa.

 

Lulu da Pomerânia


Quais raças de cachorro posso ter em um apartamento?


Esta é uma raça ideal para apartamentos, mas você precisa ter em mente que eles são muito dependentes de seus donos e precisam de companhia constantemente. Se você não estará presente na maior parte do tempo, é melhor rever a opção.

Assim como o Yorkshire, esta raça costuma latir bastante com a presença de estranhos e quando está sozinha, por isso é importante começar com o adestramento logo cedo. Uma vantagem é que eles são muito inteligentes e tendem a aprender rapidamente os comandos.

Também é importante levá-los para passear pelo menos uma vez por dia para que eles possam desestressar e gastar energia na rua.

 

Dachshund


Ele é conhecido como cão de companhia e adora estar cercado de pessoas, mas ao mesmo tempo não tem problemas em ficar sozinho por um período de tempo. Costuma se dar muito bem com crianças e é muito carinhoso com elas, além de adorar brincar e receber carinho.

O único problema é que ele costuma ter problemas de saúde muito facilmente, principalmente na coluna e problemas relacionados à obesidade. O ideal é mantê-los sempre no peso recomendado pelo veterinário para que eles não desenvolvam nenhuma doença com mais facilidade.

Por ter a coluna um pouco mais sensível, os exercícios para eles precisam ser leves e ele não pode fazer esforços como subir escadas ou pular em sofás com frequência. Procure fazer caminhadas leves para que ele possa gastar a energia com algo saudável e assim evitar o ganho de peso.

 

SRD


Os cães sem raça definida, também conhecidos como vira latas, também precisam de muito amor e se adaptam super bem em apartamentos. O único cuidado que precisamos tomar é em adotar um cão de porte muito grande e não termos tempo para tomar os devidos cuidados com ele, como por exemplo levá-los para passear com mais frequência para que eles possam gastar energia.

Essas caminhadas são importantes para que os cães de porte grande não fiquem estressados em um ambiente pequeno como apartamento e acabem desenvolvendo doenças psicológicas e até mesmo problemas de peso e obesidade.

Mesmo com os cães mais calmos ou de pequeno porte, é importante não esquecer de que eles precisam gastar energia e que caminhadas são muito importantes para a saúde do animal. Se possível, leve-os para passear no período da manhã e no começo da noite, quando a temperatura está mais amena.

Sabe de alguém que precisa de dicas de cachorro em apartamento? Compartilhe a matéria!