Construvendas

Entre em contato conosco!

Voltar

Como se planejar para sair da casa dos pais

Publicado por Construvenda,
26 de setembro de 2017

Como se planejar para sair da casa dos pais
Sair da casa dos pais é sempre um desafio e ao mesmo tempo a conquista mais desejada dos jovens, pois simboliza sua independência financeira. Mas poder cuidar das próprias coisas significa ter mais responsabilidades, e fazer tudo com planejamento significa ter mais assertividade.

Confira algumas dicas para você se planejar e sair da casa dos pais com muito mais segurança.

Comece a guardar dinheiro


Mesmo que você não queira comprar um imóvel você deve economizar o máximo que conseguir antes de se mudar. As despesas não se resumem apenas ao aluguel, condomínio, luz, gás e água.

Existem também os gastos extras que surgem nos momentos mais inesperados, como o final do mês, por exemplo, e ter dinheiro guardado para conseguir se virar nesses momentos será essencial para que a saída da casa dos pais não seja um erro.

Teste se o seu orçamento é suficiente


Você pode até achar que o seu orçamento mensal dará conta de morar sozinho, mas acontece que na prática as coisas são muito mais complicadas. Por isso, mesmo que ainda esteja morando com seus pais, ajude com eles nas despesas, como contas de luz, aluguel, condomínio e compras mensais no supermercado.

Além disso, tente se virar sozinho lavando suas roupas, fazendo sua própria comida e limpando seu quarto e banheiro. Qualquer imprevisto que acontecer na casa, como uma torneira quebrada ou um problema elétrico, tente resolver sem pedir ajuda.

Se você se sair bem neste teste, é um sinal de que você está qualificado para morar sozinho. Se tiver qualquer problema com finanças ou organização, é melhor rever sua meta e adiar um pouco a mudança.

Não faça nada sem planejamento


Não dê sequer o primeiro passo se não tiver um planejamento muito bem traçado. Procure por preços de aluguel, condomínio, saiba qual será seu gasto médio com energia, gás, internet e supermercado. Coloque tudo isso em uma planilha e compare com o seu orçamento mensal fixo para ter uma noção de como serão suas finanças.

Deixe os gastos supérfluos de lado no início e tenha muita consciência de onde seu dinheiro será investido, não faça matrícula em aulas de crossfit ou alemão sem ter certeza de que você poderá arcar com a despesa.

Pesquisa muito bem o bairro e o imóvel


Quando você compra um imóvel, você está se comprometendo a pagar as prestações, contratos de locação geralmente possuem um período de carência que variam de 6 meses a até dois anos. Estamos falando isso para você ter em mente que, uma vez fechado qualquer contrato você terá obrigações e não poderá desistir da aquisição por qualquer motivo.

Por isso, pesquisa muito bem o bairro, procure saber se é fácil o transporte público para seu trabalho ou faculdade, se possui opções de supermercados e padarias por perto e se a vizinhança é boa. Sobre a casa, procure saber se tem algum problema estrutural ou judicial e pense bem se ela não é grande ou pequena demais para você.

Com planejamento e muita pesquisa, é possível sair da casa dos pais sem dores de cabeça e com segurança de que essa é a melhor atitude a ser tomada. Não esqueça de ter uma conversa franca com seus familiares e explicar o porquê de sua decisão, esse tipo de mudança demora para ser aceita por eles.

Gostou das nossas dicas para planejamento e mudança? Continue acompanhando nosso blog para mais matérias como essa.